sexta-feira, 12 de março de 2010

**Sentimentos**


Queria dar-te a mão e passear contigo, sem me importar com o mundo lá fora. Apenas tu como meu mundo, lá fora é como se nada existisse, como se nada tivesse sido inventado, apenas um mundo a dois, só nosso. Quero dizer-te o quanto preciso de ti, o quanto fazes parte de mim e quanta falta me fazes. Nunca acreditei em amor à primeira vista [mas há momentos na nossa vida em que somos obrigados a esquecer tudo em que acreditávamos para nos entregarmos àquilo que nos está a acontecer] e já acreditei em amores perfeitos mas já descobri que eles não existem, já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre, hoje não tenho mais tanta certeza disso. Já chamei pessoas próximas de "amigos" ou de “melhores amigos” e descobri que não o eram, mas a algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim. É difícil quando se descobre que as pessoas que escolhemos para gostar nem sempre são aquilo que parecem, que ás vezes o melhor é estar sozinha para não sofrer desilusões. Podemos sempre confessar o inconfessável, basta querer e acreditar.

2 comentários:

☆Estrela Santana☆ disse...

Ai!!!

O amor me fez sofrer muito!!!

O texto é lindo amei!!!

Mas amor assim, quero distancia atualmente,nem amigos homens quero!!!

Pq td querem mais q amizade!!!!

Life is. . . disse...

Esta lindo maravilhoso.
apesar de tudo lembra-te que estarei sempre ao teu lado amiga beijinho muito grande minha querida