sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

É a tristeza...


A tristeza é um sentimento que nos procura e nos ocupa muitas vezes!

Nem sempre sabemos porque é que isto nos acontece.
Por vezes ficamos tristes por palavras ou atitudes de alguém que nos feriu (mesmo não dando conta de que isso estava a acontecer), pela tristeza de outra pessoa, por uma imensidade de coisas…
Mas algumas vezes ficamos tristes sem saber porquê, sentimo-nos tristes e não conseguimos identificar a origem dessa tristeza.
Talvez seja uma imensidão de pequenas coisas somadas, ou de algo que nos tocou e não nos recordamos o que é.
É nestes dias que nos dá vontade de adormecer e não voltar a acordar, é nestes dias que nos apetece fugir para um lugar longínquo onde ninguém nos possa encontrar.. é nestes dias em que apenas o silêncio e a mágoa habitam em nós!

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

**Amizade**


A amizade é sobretudo a aceitação das pessoas como elas são, sem querer mudar algo nelas. Resume-se ao amor, confiança, lealdade, compreensão.

Com os amigos verdadeiros podemos contar sempre, pois eles vão estar sempre do nosso lado para nos ajudar…

Amigos verdadeiros….

· São aqueles com quem podemos desabafar, confiar

· Não são aqueles que dizem tudo connosco só para nos agradar, mas sim aqueles que nos contrariam e nos chamam à realidade.

· Aqueles que discordam connosco e nos mostram os erros que estamos a cometer ajudando-nos a ultrapassar cada momento.

· São aqueles que estão connosco nos bons e maus momentos, não nos abandonando quando mais precisamos.

Muitas vezes pensamos que estamos rodeados deles e quando vamos a ver temos dois ou três… pois muitos só estão connosco devido ao que possuímos e não devido ao que somos realmente.

Um dia os amigos iram separar-se devido às diferentes trajectórias na vida… aí iremos sentir saudades dos sonhos, dos risos, dos momentos partilhados, das conversas, das descobertas, das aventuras, ate dos momentos de tristeza que passamos juntos.

As amizades continuaram para sempre, talvez não são activas pois cada um segue um caminho e já não há aquela convivência que um dia tivemos, muitas vezes as distancias acaba com as amizades mas espero que aqui que isso nunca aconteça…

Em caso de destruição de uma amizade, pede-se que se recupere através do perdão pois aí também se vê os amigos verdadeiros…

A reconciliação é o caminho que todos devemos seguir embora muitas vezes não seja isso que fazemos, seguimos o caminho mais fácil ignorar e não sabemos o que podemos estar a perder….

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008



Pode apenas ser temporário, mas a memória é e será eterna e perfeita. É preciso acreditar como se fosse a primeira vez, é preciso confiar. É preciso acreditar que a vida não nos traz tantos dias de sol como aqueles que desejávamos, que os dias de chuva, cinzentos, também existem, que o primeiro obstáculo, o primeiro problema não indica o fim de uma estrada, mas muitas pedras no caminho e o inicio de uma nova estrada. E quando já esgotamos o nosso coração em batalhas, em lágrimas, em mudanças repentinas, em perguntas sem resposta, devemo-nos sempre lembrar que o tudo dá trabalho, mas só pelo produto final vale a pena. E quem corre por gosto nunca se cansa e mesmo quando pensamos que já não conseguimos correr, temos que pensar que conseguimos sempre, basta apenas querer e acreditar.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

**Memórias*


--» São tudo o que temos

--» São tudo o que nos resta

--» São tudo o que nos faz recordar o passado

--» São tudo o que nos faz felizes

--» São tudo o que nos faz infelizes

--» São tudo o que nos faz sustentar situações

--» São tudo o que nos faz iludir-nos a nós proprios

--» São tudo o que nos faz acreditar que um dia voltaremos a ser felizes

--» São tudo o que nos faz acreditar que o passado pode voltar para o presente

--» São tudo o que nos faz acreditar que o amor pode durar para sempre

--» São tudo o que nos faz acreditar que a amizade pode durar para sempre

Simplesmente,são TUDO «--

terça-feira, 11 de novembro de 2008

????


Todos têm uma ideia que as pessoas estão num determinado lugar porque têm missões a cumprir e é a esse pequeno “mundo” que pertencem. Eu, sinceramente, era como eles. Acreditava que tudo tinha um destino, tudo tinha um objectivo…
Mas quanto mais tempo passo neste lugar mais acredito que nada tenho em comum com ele. Tudo me começa a ser estranho, começo a pensar que ninguém me compreende… E que aqui não há objectivos para mim. Cada vez que penso nisto as perguntas que faço são sempre as mesmas: “Será que sou eu diferente?”; “Será que o problema é meu?”. “Quais os meus objectivos neste lugar?”
São perguntas às quais ainda não encontrei resposta. Preciso de tempo para encontrar essas respostas. Mas para quê tempo se não é este o meu “mundo”? Para quê esperar por pessoas que são tudo mesmos amigas e que pensamos que nos podem ajudar a encontrar essas respostas e que no fundo são elas a razão da nossa infelicidade? São pessoas que pensamos, no inicio, que podemos contar com elas para tudo e que no fim o tudo, a amizade e a confiança não existem. Isto ocorre sempre no momento em que mais precisamos. São apenas mais algumas coisas estranhas para juntarmos a este mundo.
Mas talvez se estas coisas, se estas barreiras não existissem nós seríamos simples animais a viver para a morte. Animais sem vida própria, animais sem objectivos, animais sem princípios e sem pensamento.
O que ganhamos por viver num sítio onde simplesmente estas barreiras nos aparecem constantemente?
Somos apenas peões do destino para muitos. E para esses o nosso local perfeito é este e as barreiras são próprias das nossas vidas. Para mim, a única coisa que acredito no destino é a morte. Isso sim. Isso é a única coisa certa no destino.

By: Cunha

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

**Nunca Desistas**


Sabes. . .a vida nem sempre é como nós queremos
Lutamos, sofremos, choramos, berramos, enfim,
A vida é algo que nos faz viver nos momentos maus e bons. . .
Mas apesar de tudo com a esperança resolvemos tudo, ultrapassamos os caminhos errados,
Com a esperança que num dia vamos voltar a ser amados. . .
Na morte. . .o caminho que seguimos é algo que não desejamos a ninguém,
Perdemos a vida, recordações, emoções, paixões, mas o mais principal de tudo, perdemos a nossa família, as pessoas que gostamos e aquelas na qual nos adoram. . .
Se num dia estiveres em desespero, se não quiseres ultrapassar esses teus obstáculos, esse teu maior medo, nunca penses em desistir mesmo que não que não consigas sorrir,
Vem ter comigo, não faças o mal da tua vida só por uma coisa que tem solução, sei que dentro de ti ainda existe alguma paixão, por isso dá-me a tua mão porque é o teu nome que tenho no meu coração.
Nunca penses que tu não vales nada, que não fazes falta, que não tens forças e muito memos esperanças pois se pensares isso vou te dizer na cara com palavras bem duras, que tudo o que estas a pensar é uma autentico disparate,
Pois tu fazes falta, podes não fazer falta aqueles que não dão e nem sabem dar-te valor, mas tu a mim e as pessoas que gostam de ti dão-te valor. . .e acredita que é daqueles grandes!
Deves estar a pensar que isto tudo é um disparate, mas estas enganada,
Só quero que saibas que tens pessoas que gostam de ti, e que te querem sempre, pode não ser todos os dias mas tens que estar connosco. . .
Se estiveres em baixo, nunca guardes as tuas lamentações, os desesperos, os sofrimentos, os teus arrependimentos para dentro de ti mas sim desabafa para quem gosta de ti, mas nunca penses em destruir a tua vida, aquela vida em que tu eras pequena, começaste a descobrir o mundo e com o tempo tornaste-te numa grande pessoa e amiga. . .
Quero que saibas que podes sempre contar com as pessoas que gostas e que em confias, mas para isso mesmo que te custe, tens que saber ouvi-las pois é também para isso que ela servem. . .
Mas principalmente nos bons e nos maus momentos servem para ajudar, mesmo que te ajudem numa forma que tu não queiras, mas tens que aceitar, pois tudo o que elas fazem é para te ajudar e sempre te alegrar!
Espero que isto te faça pensar, pois não adianta fugires dos teus obstáculos e muito menos guardares todas, mas todas as coisas que te incomodam dentro de ti, tens que começar aprender que a vida são 2 dias e um já passou, que tudo de mau te rodeia tens que enfrenta-los, sem medos e com forças, pois eu sei que consegues e estamos aqui para te ajudar, nos maus e bons momentos!
Aprende a viver a vida um dia de cada vez, pois eu já te digo que isto tudo já foi a minha vez. . .

By: Dany

quarta-feira, 17 de setembro de 2008


Tenho tantas saudades tuas, demasiadas para me esquecer que elas estão demasiadamente e excessivamente cá dentro a dar cabo de mim. Preciso tanto de ti, simplesmente porque te adoro, e te acho a melhor amiga do Mundo. Preciso tanto de ver- te diariamente, só realmente nos apercebemos quanto a realidade é dura ao ponto de nos separar fisicamente e de fazer cada um seguir o seu caminho, quando passamos por isso. Passei de uma forma demasiado brusca, não estava preparada para te deixar ir sem te ter a teu lado. Sei que estas sempre comigo quando eu estou mal e tu me ajudas, mas eu não preciso ti apenas quando tenho problemas e preciso de desabafar, eu preciso de te ver e dizer- te bom dia, mas sais-te da minha vida muito de repente, sem eu estar a espera, sem eu perceber o porque… Queria apenas ver esses teus olhos a brilharem, ver o teu sorriso, mas tudo isso foi em vão…são coisas que eu perdi, e que agora não sei como voltar a encontra-las…
obrigado simplesmente pela pessoa que foste comigo…se feliz onde quer que estejas..

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

*Para Ti*

Estás tão longe do meu olhar,

Que eu nunca me esquecerei,

Tudo o que me fizeste para me elegrar.

Num canto que eu nunca esperei.


Eras uma pessoa espectacular,

E eu naquele dia não desejado chorei,

Era lindo como o luar,

Que eu por ti morrerei.


Apenas penso em ti para me alegrar,

Mas no futuro eu pensarei,

Que tudo isto para esquecer não vai facilitar,

O quanto por ti eu admirei.

BY: Daniela Alves

quinta-feira, 31 de julho de 2008

*Age sem fugires dos problemas*


Nos momentos em que menos esperamos,



Levamos tampas das pessoas no qual nos maguamos,



Erramos e aprendemos,



Gritamos e berramos,



Sorrimos e choramos. . .



Sofremos com as consequências,



Aprendemos com as experiências,



Lutamos por aquilo que queremos,



Viramos de costas aquilo que ignoramos. . .



Relembramos o passado,



Pegamos na caneta e escrevemos,



Levamos berros com palavras duras,



Levamos alegrias com as palavras puras. . .



Aventuramos sosinhos no meio do nada,



Perdemo-nos sem ajuda para salvar,



Gritamos para tras voltar,



Arrependemo-nos por coisas que não fizemos,



Choramos por aquilo que fizemos,



Gritamos com as pesso as que não gostamos,



Berramos com as pessoas indiferentes,



Ignoramos as pessoas que gostamos.



Olhamos para o anjo negro e pensamos,



Recordamos,



E relembramos,



Que e vida não é tudo,



Há partes boas e más,



Tudo o que é desejado,



É voltar para trás. . .



Simplesmente vive com aquilo que aprendeste,



Não olhes para os outros,



Enssina com aquilo que te enssinaram,



Ignora os outros,



Pensa antes de agires,



Age sem os problemas fugires.



Luta por aquilo que queres,



Sorri no dia desejado,



E agradece a quem te tem ajudado.


By: Daniela Alves

terça-feira, 15 de julho de 2008

Quero…


Quero morrer, sentir o sangue escorrer pelo meu corpo de uma forma cruel para que todo este inferno interior me invada numa dor física, e me faça esquecer de tudo aquilo que perdi, ou que talvez nunca possui!

Quero enterrar todo o passado, junto do meu coração, para que ambos entrem num esquecimento profundo, numa escuridão onde ninguém possa entrar e perfurar mais a ferida que tenho aberta e nao quer cicatrizar, fazendo com que toda a minha felicidade seja invadida por um mundo obscuro e a luz deixe de brilhar nos meus olhos!

Quero sentir aquilo que toda a gente chama de felicidade e que nos torna capaz de sorrir, mas sinto dor só de pensar em mover os lábios para libertar uma forma carinhosa de transmitir alegria, talvez porque apenas tenha para transmitir uma simples e singela forma de sofrimento!

Quero voltar atrás e fazer tudo aquilo que tive receio, aproveitar cada momento, parar o tempo nas situações mais importantes em que tudo que me rodeava parecia ser um paraíso e eu cega para toda a realidade contemplava aquele mundo....

Chega, não aguento mais, quero aquilo que toda a gente que fica chama de egoísmo, talvez porque ainda ninguém me conseguiu explicar quais as consequências deste fim e desta forma estranha de pôr um ponto final a tudo o que se constrói pensando que um dia se atingirá uma felicidade eterna…

quinta-feira, 10 de julho de 2008

*Ich*

Das ist doch ok für dich - oder nicht
Ohen typen wie dich und mich wär's doch langweilig
Tu mal nicht so nett sonst kriegst du richtig
Ich hätt' da noch'n gut gemeinten Rat an dich... Ich bin nich' ich

Meine Augen schaun mich müde an und finden keinen Trost
Ich kann mich nich' mehr anseh'n - bin ichlos
Alles was hier mal war - kann ich nich' mehr in mir finden
Alles weg - wie im Wahn
Ich seh' mich immer mehr verschwinden

Ich bin nich' ich wenn du nicht bei mir bist -
Bin ich allein
Und das was jetzt noch von mir übrig ist -
Will ich nich' sein
Draußen hängt der Himmel schief
Und an der Wand dein Abschiedsbrief
Ich bin nich' ich wenn du nicht bei mir bist -
Bin ich allein

Ich weiß nich' mehr, wer ich bin -
Und was noch wichtig ist
Das ist alles irgendwo, wo du bist
Ohne dich durch die Nacht -
Ich kann nichts mehr in mir finden
Was hast du mit mir gemacht -
Ich seh mich immer mehr verschwinden

Ich bin nich' ich wenn du nicht bei mir bist -
Will ich nich' mehr sein

Ich lös mich langsam auf - halt mich nich' mehr aus
Ich krieg dich einfach nich' mehr aus mir raus
Egal wo du bist - komm und rette mich
Ich bin nich' ich wenn du nich...

segunda-feira, 7 de julho de 2008


Estas longe, mas eu sinto-te aqui comigo, como se me estivesses a dar a mão e consigo sentir a tua respiração ofegante como se tivesses acabado de correr quilómetros sem fim. Permaneço os meus olhos fechados e o meu corpo bem encolhido para te continuar a sentir. Consigo sentir o cheiro da tua pele. É tão bom é tão acolhedor. Um cheiro familiar… Sorrio e uma lágrima escorre pelo meu rosto de tanta felicidade de ter “ali” comigo. Sem conseguir ouvir e apenas conseguir sentir, sinto os teus lábios a aproximarem-se dos meus, sem hesitar beijo-te como se fosse o nosso ultimo beijo.Sinto o bater do teu coração completamente acelerado, o meu bate exactamente à mesma velocidade que o teu e parece que vai explodir a qualquer momento. Teus braços abraçam-me, assim sinto-me completamente segura. Paras de me beijar e ficas parado a olhar para mim, sem te afastares ou me largares. As minhas pernas começam a tremer como se fossem partir aos bocadinhos a qualquer momento; a minha barriga está agitada, a minha pele toda arrepiada. De repente abro os olhos, olho em meu redor e reparo que estou sozinha mas sorrio porque estas sempre comigo no meu coração…

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Ajuda-me assim


O que eu vou dizer,

Se não sei o que vou escrever?

Não sei o que te vou dizer,

Mas apetece-me escrever…

Escrever para vencer,

Vencer,

Esquecer,

Esquecer tudo o que me resta,

Pois o que resta não presta…

Olha…

Quero-te surpreender,

Surpreender para depois aprender,

Aprender para não esquecer…

Quero ser ensinada,

Para não ser gozada…

Quero que me abras os olhos,

Preciso de ajuda…

Nestes momentos ando cega,

Cega de tudo,

Depois não me venhas perguntar

O que me está a custar,

E custa a curar,

O que eu não estou a durar,

Só me apetece chorar,

Chorar para não magoar,

Para depois não olhar,

Olhar para ti e chorar

Assim posso-te magoar…

Quero-te contente,

Pois és potente,

Adoro-te em todo o lado,

Não te esqueças de mim

E eu farei o mesmo…


By: Daniela Alves

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Pudesse*


Pudesse eu pertencer ao teu coração
Pudesse eu sentir a tua pulsação
Pudesse eu te abraçar
Pudesse eu te beijar
Pudesse eu te sentir...
Mas infelizmente isso não pode acontecer...
Pois está a escurecer...
Dentro do meu coração, eu morro de paixão...


By: Daniela Alves

quinta-feira, 26 de junho de 2008

**Tristeza**



A tristeza é um sentimento que nos procura e nos ocupa muitas vezes!

Nem sempre sabemos porque é que isto nos acontece.
Quantas vezes nao ficamos tristes por palavras ou atitudes de alguém que nos feriu (mesmo não dando conta de que isso estava a acontecer), pela tristeza de um amigo, por uma grande quantidade de coisas…
Mas algumas vezes ficamos tristes sem sabermos bem porquê e não conseguimos identificar a origem de tanta tristeza.
Talvez seja uma imensidão de pequenas coisas somadas, ou de algo que nos tocou e não nos recordamos bem o que é.
É nestes dias que nos dá vontade de adormecer para não voltar a acordar, é nestes dias que nos apetece fugir para um lugar longínquo onde ninguém nos possa encontrar.. é nestes dias em que apenas o silêncio e a mágoa habitam em nós!

terça-feira, 24 de junho de 2008

Aprendi.....


Daquilo o que a vida me proporcionou a viver, em muitas situações aprendi que não posso exigir o amor de ninguém, posso apenas dar boas razões para que gostem de mim; aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, pois há gente que não dá o mínimo valor; aprendi que posso passar anos a construir uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos; aprendi que é preciso escolher entre controlar os meus pensamentos ou ser controlado por eles; aprendi que perdoar exige muita prática; aprendi que há muita gente que gosta de mim, mas não consegue expressar isso; Aprendi que nos momentos mais difíceis, a ajuda veio precisamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas; aprendi que posso ficar furiosa, tenho o direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel. Eu aprendi que os meus melhores amigos me vão magoar de vez em quando, e que eu tenho que me habituar a isso; aprendi que não importa o quanto meu coração está a sofrer, pois o mundo não vai parar por causa disso; aprendi que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiem; e quando duas pessoas não discutem não significa que elas se amem; Aprendi que amigos não são apenas para guardar no fundo do peito, mas para mostrar que são amigos. Aprendi que certas pessoas se vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos preservá-las para sempre. Aprendi que é difícil traçar uma linha entre ser delicada, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito.”

sábado, 21 de junho de 2008

Alma Lusitana *Suiça-Euro 2008*



Os "meus" compatriotas na Suiça a cantar o hino*

lindoooo

domingo, 15 de junho de 2008

*AmIzAdE*



Amizade é um relacionamento humano que envolve conhecimento mútuo, seja real ou virtual, e que leva a uma estima e afeição. Amigos sentem-se bem na companhia real ou virtual, um do outro.

Geralmente a amizade leva a um sentimento de lealdade entre si, ao ponto de colocarem os interesses do outro à frente de seu próprio interesse. Amizade resume-se em lealdade, confiança e amor, seja fraterno ou mais profundo e como Carl Rogers diz: "é a aceitação de cada um como realmente ele é".

Amigos são pessoas muito importantes na nossa vida. Aos verdadeiros amigos podemos desabafar, confiar e contar com eles. Em presença, além de se compartilharem momentos um em companhia do outro, eles também gostam de trabalhar, ou estudarem juntos.

Os amigos evitam ser sufocantes ao outro para que haja respeito nos direitos do outro e sufocá-lo com exigências corre-se o risco de perdê-lo.

A amizade pode ter como origem, um instinto de sobrevivência da espécie, e uma necessidade de proteger e ser protegido por outros seres da espécie. Faz parte da amizade, não exacerbar os defeitos do outro e dividir os bons e maus momentos.

Alguns amigos se denominam "melhores amigos". Os melhores amigos muitas vezes se conhecem mais que os próprios familiares e cônjuges. Funcionam quase que como um "confessionário". Para atingir esse grau de amizade, muita confiança e fidelidade são depositadas.

Os amigos se sentem atraídos pelos outros pela forma que eles são e não pelo que eles possuem. As verdadeiras amizades tudo suportam, tudo esperam, tudo crêem e tudo perdoam pelo simples fato de existir entre eles o verdadeiro amor, também conhecido como amor philéo = amor de amigos.

Por muito que se possa explicar psicologicamente sobre a amizade e por muito que falem dela como um objeto científico e a estudem, a amizade é um sentimento que se deve preservar a todo o custo.

Em caso de perda da amizade sugere-se a reconciliação e o perdão.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

terça-feira, 10 de junho de 2008

"Dedicatoria aos amigos"

"Um dia a maioria de nós irá separar-se. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, das descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que partilhamos. Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia, das vésperas dos finais de semana, dos finais de ano, enfim… do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai para seu lado, seja pelo destino ou por algum desentendimento, segue a sua vida. Talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe…nas cartas que trocaremos. Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices… Aí, os dias vão passar, meses…anos… até este contacto se tornar cada vez mais raro. Vamo-nos perder no tempo…. Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias e perguntarão: “Quem são aquelas pessoas?” Diremos…que eram nossos amigos e…… Isso vai doer tanto! -”Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida!” A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente……Quando o nosso grupo estiver incompleto… reunir-nos-emos para um último adeus de um amigo. E, entre lágrimas abraçar-nos-emos. Então faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vida, isolada do passado. E perder-nos-emos no tempo….. Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades….”

Fernando Pessoa- “dedicatória aos amigos”

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Something about me*

Eu já errei e já voltei a errar. Já tentei esquecer pessoas e não consegui. Já chorei nas escadas, na sala, no quarto e ate mesmo no carro, já chorei sozinha e já chorei acompanhada. Já ri sozinha e acompanhada, já gritei no cinema. Já olhei para trás e pedi para voltar, já recordei e memorizei. Já me senti protegida, e sozinha no meio de mil pessoas a sentir a falta de uma só. Já critiquei e fui criticada, já fui autoritária, já perdoei e fui perdoada. Já baixei os braços e disse “desisto”, já levantei a cabeça e segui em frente ,já desisti de procurar a felicidade, já encontrei a felicidade e a infelicidade! Já perdi pessoas de quem gostava muito e pedi para que fosse apenas um pesadelo, já fui livro aberto e fechado com pouco ou nada para contar, já acreditei em mentiras, já vi amigos irem embora e vi outros chegarem. Já deixei de acreditar no amor, já acreditei no amor, já conheci o amor para sempre que ficou pela metade, já senti que tinha o mundo, já senti o mundo desabar em cima de mim, já passei noites em branco a chorar, já acreditei e tentei o impossível, já fui mais feliz em 2/3 dias do que em 18 anos, já fui uma pessoa responsável e irresponsável, já fui uma pessoa refilona, já cometi erros e soube assumi-los, já fiz coisas que não devia ter feito e que sabia que não devia fazer, mas mesmo assim fi-las, já tive vontade de adormecer e nunca mais acordar, já disse verdades que desejava que fossem mentiras, já amei e odiei, já vi que me fizeram pensar , já tive medo da morte…
A vida tira-nos umas coisas e dá-nos outras.

sábado, 7 de junho de 2008

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Quando ja' e' tarde demais*

Aprende-se que estar com alguém só porque esse alguém nos oferece um bom futuro, significa que mais cedo ou mais tarde vamos querer voltar ao passado

COM O TEMPO…
Chegamos à conclusão queCasar só para não estar só,é sinónimo de que o casamento será um fracasso

COM O TEMPO…
Compreendemos que só quem é capaz de nos amar com nossos defeitos,sem nos pretender mudar,é que nos pode dar a felicidade que desejamos

COM O TEMPO…
Damos conta de que se estamos ao lado de uma pessoa só para não ficar sozinhos (as),com certeza, uma altura haverá em que desejamos não voltar a vê-la
COM O TEMPO…
Aprendemos que os amigos verdadeiros valem mais do quetodo o dinheiro do Mundo

COM O TEMPO…
Apercebemo-nos que os verdadeiros amigos se contam nos dedos,e que quem não luta para os ter,mais cedo ou mais tarde, ver-se-á rodeado somente de amizades falsas...

COM O TEMPO…
Aprendemos que as palavras ditas num momento de raiva,Podem continuar a magoar p’ra toda a vida Aquele a quem a disse...

COM O TEMPO…
Aprendemos que desculpar,todos o fazem,mas perdoar,só as grandes almas o conseguem

COM O TEMPO…
Compreendemos que depois de ferir um amigo, a amizade jamais será a mesma

COM O TEMPO…
Damos conta de que cada experiência vivida seja com quem for,jamais se repetirá

COM O TEMPO…
Aprendemos a construir o nosso hoje, porque o nosso amanhã é demasiado incerto para fazer planos

COM O TEMPO…
Compreendemos que apressar as coisas ou obrigar a que elas aconteçam, fará com que no final nada seja como se esperava

COM O TEMPO…
Chegamos à conclusão de que, na realidade, o melhor não era o futuro,mas sim o momento que viveu naquele instante

COM O TEMPO…
Aprendemos que tentar perdoar ou pedir perdão,dizer que amamos,que sentimos falta,que precisamos,que queríamos ser amigos...(....junto de um caixão...)não faz sentido...“Por isso, aceita que nos tornamos velhos depressa E sábios demasiado tarde".Exactamente quando:"JÁ NÃO HÁ TEMPO!"