sexta-feira, 8 de janeiro de 2010


Ser professor não é só dar a “matéria” para os alunos aprenderem…
É transmitir conhecimento para os alunos aprenderem, para puderem ser mais alguma coisa na vida…
E os alunos não passam para o papel apenas sabedoria, passam histórias de uma vida…
Quando se entra numa sala o que vemos?
Um professor? Um amigo?
Sem dúvida que há aqueles que nos marcam não pela maneira como ensinam, mas sim pela maneira como vêem a vida e a forma como tentam transmitir isso aos seus alunos…
Há uma altura da vida pela qual todos nós já passamos, uma altura em que ficamos revoltados porque não conseguimos perceber o que se passa à nossa volta, parece-nos que tudo desapareceu derrepente…Demoramos tempo a reagir, perdemos tempo com coisas fúteis, Não conseguimos sequer, olhar em frente e já é tarde para voltar atrás, estava feito! É aí que aparecem as pessoas que são importantes, aqueles amigos que não são capazes de nos abandonar, que se nós precisarmos dão-nos uma chapada para vermos que temos uma vida para viver.
Foi aí que percebi que ser professor não é só ensinar o que vem nos livros, é também ter um ombro amigo que naqueles momentos em que nos sentimos os piores do mundo e que não fazemos cá nada, que nos ajudam de uma forma que mais ninguém consegue ajudar. Quando caímos lá no fundo, às vezes basta serem poucas palavras que nos ajudam a ter a força que precisamos para nos voltarmos a erguer…
Nunca me vou esquecer de quem me ajudou naquele tempo em que eu achava que a vida não me estava a correr bem e tudo à minha volta não fazia sentido… Foram poucas as palavras que eu disse e que me disseram, mas foram essas que me ajudaram a viver de novo, a perceber que a vida é demasiado curta para perdemos tempo com coisas fúteis, pois o tempo passa a correr sem nos apercebermos disso…
Um obrigado nunca será suficiente para agradecer tudo o que foi feito…
Dedicado a J.C. & S.M.

2 comentários:

Life is. . . disse...

Ser professor também é ser amigo...
E acima de tudo ajudar-nos naquilo que precisamos...
Eles preparam-nos para uma vida que nos espera...

Sérgio M. disse...

:)