quarta-feira, 10 de junho de 2009

**Palavras**

Palavras que dizias e que agora já não dizes…
Ou será que sou eu que já não te consigo ouvir?
Estás tão longe, como é que eu te posso ouvir?
Quase que já nem me lembro da tua voz, lembro-te o quanto gostava de a puder voltar a ouvir…
Era só uma voz, um som, umas meras palavras, mas são essas pequenas coisas que tenho guardado no coração, podem ser poucas ou mesmo muitas, mas eu gosto de me lembrar delas, faz-me bem porque tu sempre me fizes-te bem.
E agora? O que me resta de ti?
Memórias de conversas, sorrisos, momentos partilhados…
Resta-me sonhos, sonhos esses que construí a pensar em ti…
Restam as saudades, saudades do teu abraço, saudades que quando não cabem no coração caem pelo rosto…

3 comentários:

Zeus disse...

Olá amiga Luna,passando para ver as novidades de seu blog e aproveito para te deixar o seguinte pensamento:

Uma das coisas que torna momentos difíceis na vida, é que pode bater aquela sensação de que ninguém liga para o que queremos. Mas se pensar um pouco, vai ver que as pessoas que o amam vem tentando fazer coisas que agradam, em outras ocasiões; e que elas terão inúmeras outras chances de fazê-lo.
Um beijo no coração e seja feliz.

Luciano de Sálua disse...

A vontade de ouvir ainda é contínua. Porém nossos desejos são maiores do que nós e jamais consiguiremos perceber, logo cedo, as mudanças fiscais e químicas que nos fizeram distante o suficiente para deixar de ouvir ou dizer tais palavras.

ઇઉEmma ઇઉ disse...

Tao lindo :)